Domingo, 17 de Janeiro de 2021

Estados
Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2020, 10h:22

DOURADOS / MS

Advogado é preso após erguer vestido de mulher e filmar enquanto ela dormia em MS

Advogado ainda teria divulgado imagens em grupos de redes sociais

Fonte: Midia Max

Dourados News

Um advogado de 34 anos foi preso acusado por importunação sexual após erguer vestido de uma mulher e filmar enquanto ela dormia, neste domingo (14). Ele ainda chegou a divulgar as imagens em grupos de redes sociais. O caso aconteceu na cidade de Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a ocorrência, a mulher de 30 anos contou que foi convidada por uma amiga para ir até à residência de um advogado. A vítima relatou que estava cansada do trabalho, porém, aceitou o convite e foi até o local. Mas, após alguns minutos, deitou no sofá e cochilou.

Enquanto a vítima dormia, de acordo com o site Dourados News, o advogado levantou o vestido e começou a fazer imagens dela. Depois, postou em grupos de redes sociais. A mulher acordou e então pegou o celular do autor para fotografar o grupo, quando percebeu as suas fotos no aparelho de telefone dele e o questionou. Em seguida, ligou para o pai, um idoso de 62 anos, que foi para o local.

Ao chegar na residência, após questionamentos, o suspeito e o pai da vítima entraram em luta corporal. O homem de 62 anos ficou com várias lesões no braço. Depois, a vitima e o pai decidiram procurar a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) para registrar um boletim de ocorrência e o advogado também foi ao local.

Ainda, de acordo com as informações policiais, o acusado queria entrar na sala enquanto a vítima registrava a ocorrência, momento em que um policial pediu para que ele se retirasse e aguardasse para ser ouvido em seguida. Ele se recusou e disse que não sairia do ambiente. Diante da recusa, o advogado recebeu voz de prisão. Ele foi autuado por lesão corporal dolosa, desobediência, importunação sexual, também por divulgação de cena de estupro ou de cena de estupro de , de cena de sexo ou .

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.