Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

Esporte
Sexta-feira, 24 de Agosto de 2018, 17h:47

Mato Grosso

Elenco do Cuiabá embarca para jogo contra o Atlético (AC)

Da Redação

Olhar Direto

A delegação do Cuiabá embarca nesta sexta-feira (24) para a cidade de Rio Branco, no Acre. Lá, na próxima segunda-feira (27), às 20 horas, horário de Mato Grosso, o time faz o jogo mais importante do ano, que pode dar ao Dourado o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro. Com a vantagem construída no jogo de ida, o time pode até perder por um gol de diferença para o Atlético (AC) que mesmo assim consegue a subida de divisão.
 
A exemplo do que ocorreu no jogo na Arena Pantanal, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou um árbitro da Fifa para a partida. Trata-se de Luiz Flávio de Oliveira, filiado à Federação Paulista de Futebol (FPF). Os assistentes para a partida serão Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Alex Ang Ribeiro. O jogo será disputado no Florestão.
 
Com o Cuiabá Esporte Clube jogando a partida que pode dar ao time o acesso à Série B fora de casa, os torcedores do Dourado poderão acompanhar o jogo na Arena Pantanal. Isso porque o clube, por meio de uma parceria com a Ambev e SAEL, vai exibir o confronto em um telão de 35 metros quadros, instalado na Arena Pantanal. O duelo contra o Atlético (AC) será disputado na próxima segunda-feira (27), às 20 horas, horário de Mato Grosso.
 
Para os torcedores curtirem a partida mais importante da história do Cuiabá, o telão vai funcionar no setor Oeste do estádio, que nesta semana recebeu quase 25 mil pessoas no jogo de ida. Os ingressos são limitados e estarão disponíveis exclusivamente na Bilheteria do Ginásio Aécim do Tocantins a partir de sábado. Poderão ser trocados por 1 kg de alimento não perecível ou adquiridos ao preço de R$ 10 a entrada inteira e R$ 5 a meia-entrada.
Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.