Terça-feira, 13 de Novembro de 2018

Esporte
Terça-feira, 21 de Agosto de 2018, 18h:22

Mato Grosso

Cuiabá vence com presença de 24 mil pessoas

Da Redação

Olhar Direto

O Cuiabá Esporte Clube saiu na frente na decisão de uma das vagas para a Série B do ano que vem. Empurrado por 24.636 torcedores, o maior público do ano da Arena Pantanal, o Dourado bateu o atlético (AC) por 2 a 0 e, na semana que vem, pode perder por até um gol de diferença que conquista a classificação à semifinal da Série C do Campeonato Brasileiro e à segunda divisão nacional no ano que vem. Os gols foram marcados por Alê, na primeira etapa, e Edson Borges, aos 42 minutos do segundo tempo.
 
Nem mesmo o gramado, prejudicado por conta de um festival de rock, realizado no estádio no último final de semana, diminuiu a qualidade de jogo do Dourado. Durante toda a primeira etapa, o time comandado por Itamar Schulle se impôs e empolgou a torcida, que compareceu em grande número. Aos 37 minutos da primeira etapa, o meio-campista Alê abriu o placar e fez explodir de alegria os torcedores na arquibancada.
 
No segundo tempo, já em desvantagem, o Galo Carijó tentava tomar a iniciativa do jogo, mas esbarrava na boa atuação da defesa. Além disso, com seus principais jogadores, o Cuiabá respondia a cada investida do time acreano com um ataque perigoso. Quando tudo parecia definido, o Cuiabá ampliou o placar, com Edson Borges, aproveitando um cruzamento da direita e cabeceando sem chance para o goleiro adversário.
 
Ao final da partida, os mais de 24 mil torcedores, maior público do ano da Arena Pantanal, maior inclusive que o do clássico entre Flamengo e Fluminense, realizado em fevereiro, puderam comemorar mais um resultado positivo.
 
A partida de volta será disputada na próxima segunda-feira (27), no Florestão. O Dourado consegue o tão sonhado acesso em caso de vitória, empate ou derrota por um gol. Se o time acreano vencer por dois gols de diferença, a vaga será decidida nos pênaltis. O gol fora de casa não é critério de desempate.
Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.