Em Várzea Grande (MT) grupo é preso por receptação de rodas esportivas

Divulgação/Polícia Civil de MT

Um grupo criminoso envolvido na receptação de rodas esportivas furtadas foi desarticulado, na quinta-feira (04.08), pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG). A ação resultou na prisão de três jovens e apreensão de um adolescente, além da recuperação de 4 jogos de roda furtadas de uma loja no município. A mercadoria estava sendo comercializada em grupos de WhatsApp.

Vinicius Toledo Lemos, 24, Luiz Alexandre Bispo Borges, 21, Luiz Fernando Toledo dos Santos, 20, o “Zinho”, foram autuados em flagrante pelo crime de receptação, associação criminosa e corrupção de menores. O adolescente E. C. M. B., 17, responderá pelo ato infracional análoga a receptação e associação criminosa.

Durante investigações do furto de uma loja de acessórios automotivos, ocorrido na madrugada do dia 23 de julho, os policiais da Derf-VG identificaram um possível receptador das rodas esportivas. O suspeito estava postando fotos e comercializando a mercadoria através de grupos do aplicativo WhatsApp.

O receptador que se identificou como “Zinho” e negociou cinco jogos de rodas pelo valor R$ 3 mil, preço muito abaixo ao de mercado. Em vigilância do local combinado para entrega, os policiais verificaram a presença de cinco suspeitos.

No momento da abordagem, ao perceber a presença da Polícia, um deles empreendeu fuga. Os demais suspeitos foram abordados e questionados, todos negaram a participação no furto ou conhecimento dos produtos.

Eles estavam em frente a uma casa abandonada, que segundo testemunhas era frequentada pelo suspeito. Em buscas no local, os policiais encontraram 4 jogos de rodas que eram divulgadas para venda. Diante da situação, todos foram conduzidos a Derf-VG, onde após serem interrogados pelo delegado Marcel Gomes de Oliveira, foi lavrado o flagrante.  As informações são da ASCOM Polícia Civil de MT

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*