Terça-feira, 23 de Abril de 2019

Economia
Terça-feira, 09 de Abril de 2019, 10h:45

APOSENTADOS E PENSIONISTAS

CPI da Previdência tem primeira reunião ordinária hoje

Redação

Assessoria

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência realiza a primeira reunião ordinária hoje (9), às 14 horas, na sala das comissões Deputada Sarita Baracat, 202, na Assembleia Legislativa. A comissão foi criada para analisar a contabilidade entre a receita e a despesa dos aposentados e pensionistas da Previdência Social do Estado de Mato Grosso.

Na reunião de hoje, de acordo com o presidente da CPI, João Batista (Pros), os deputados vão colocar em discussão e votação o regimento interno que regulamentará  os trabalhos da comissão.  Outra pauta prevista e que deve ser colocada para ser discutida é o cronograma das ações (convocações e oitivas), que será desenvolvido ao longo dos 180 dias de atividades da CPI.

A CPI é composta por cinco deputados titulares e outros cinco suplentes. Ela tem um prazo de 180 dias para a realização dos trabalhos. Além de João Batista, o deputado Paulo Araújo (PP) foi escolhido para ser o vice-presidente, e Thiago Silva para ser o relator. Outros dois membros titulares são os deputados Ulysses Moraes (DC) e Valmir Moretto (PRB).

Já os suplentes são Lúdio Cabral (PT), Dr. João (MDB), Ondanir Bortolini, Nininho (PSD), Xuxu Dal Molin (PSC) e Dr. Eugênio (PSB). No final dos trabalhos, de acordo com João Batista, a comissão vai apresentar um relatório conclusivo e, com isso, propor ações que visem orientar à formatação de políticas financeiras e de novas regras para o prazo de contribuição para os servidores públicos.

O quê: Reunião ordinária da CPI da Previdência.

Quando: Hoje (9), às 14 horas.

Onde: Assembleia Legislativa, na sala das comissões Deputada Sarita Baracat, 202.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.