É grave o estado de saúde do bebê baleado na barriga da mãe, no Rio

Imagem / Reprodução G1

O recém-nascido Arthur, baleado na barriga da mãe, Claudineia dos Santos Melo, na última sexta-feira (30), em Duque de Caxias, Baixada Fluminense, está em estado muito grave, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Duque de Caxias. Ele está internado no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Saracuruna. A mãe e o bebê foram atingidos por um tiro, que atravessou o tórax do bebê, deixando-o paraplégico.

Claudineia encontra-se na Unidade de Pacientes Graves do Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo, após submeter-se a uma cesariana de emergência na sexta-feira passada. Ainda de acordo com a secretaria, a última avaliação feita na paciente, no início da noite do último sábado (1º) mostra que seu estado é estável.

Claudineia dos Santos, de 29 anos, estava grávida de 39 semanas. Ela chegou lúcida ao hospital e, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, contou que foi atingida pelo disparo ao ir ao mercado e ser surpreendida por um tiroteio na localidade conhecida como Vila Leal, no centro do município.

O caso está sendo investigado pela 59ª Delegacia Policial (Duque de Caxias) que apura informações de que criminosos armados atiraram contra viatura da Polícia Militar, que trafegava pela via onde Claudineia foi baleada. Os agentes buscam possíveis testemunhas e imagens de câmeras de segurança que possam ajudar a esclarecer os fatos.

A assessoria de imprensa da Polícia Militar (PM) do Estado do Rio de Janeiro informou que fez operação na comunidade conhecida como Lixão na tarde de sexta-feira (30) e prendeu três homens. Ainda segundo a PM, os militares foram alvos de criminosos e logo depois informados por transeuntes que uma mulher grávida havia sido baleada. As informações são da RadioAgência Nacional.
Exibindo central.PNG

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*