Distrito Federal: Após 13 anos sem licitação, três empresas vão fornecer alimentos aos hospitais do DF

Imagem da Agência Brasília

A distribuição de refeições nos hospitais da rede pública passará a ser feita por três empresas. O aumento na oferta finda um período de 13 anos sem licitação e 8 anos de apenas um prestador do serviço e sem contratação regular. Um dos novos fornecedores já iniciou os trabalhos.

O investimento anual no setor de alimentação da Secretaria de Saúde está orçado em R$ 170 milhões. O montante é cerca de R$ 40 milhões inferior ao preço estimado no início do processo licitatório, em 2015.

“Com o pregão, houve possibilidade de concorrência de empresas de todo o País, com competição a preço de mercado e vencedoras por lotes”, afirma a nutricionista da Secretaria de Saúde Adriani Tiussi. “Foi exigido atestado de capacidade técnica das empresas para comprovar que conseguiriam atender à demanda nos hospitais.”

Quem são os novos fornecedores de alimentos para os hospitais do DF

As unidades de saúde foram divididas em 12 lotes, sendo um contrato para cada uma. A Vogue Alimentação e Nutrição, vencedora de três deles, foi a primeira a assumir o serviço. A empresa distribui refeições no Hospital da Região Leste (antigo Hospital Regional do Paranoá) e demais unidades do lote 1 desde 18 de junho (veja quadro).

Para quarta-feira (28), está previsto o início da distribuição de alimentos pela Vogue no Hospital Regional de Sobradinho. A fornecedora vai atender 11 pontos, distribuídos pelas regiões de saúde Leste (Paranoá e São Sebastião) e Norte (Planaltina e Sobradinho).

Também venceram o processo as empresas Cook Empreendimentos em Alimentação Coletiva, em dois lotes, e a Sanoli Indústria e Comércio de Alimentação — até então a única fornecedora —, em sete. Ambas aguardam homologação do Tribunal de Contas do Distrito Federal, assim como a Vogue no caso de Planaltina.

Lotes e vencedoras na licitação para distribuição de alimentos nos hospitais
Lote 1 Hospital da Região Leste, Centro de Atenção Psicossocial (Caps) II Paranoá, Caps ad II Itapoã, Unidade Mista de São Sebastião e Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de São Sebastião Vogue Alimentação e Nutrição
Lote 2 Hospital Regional de Planaltina e Caps II Planaltina Vogue Alimentação e Nutrição
Lote 3 Hospital Regional de Sobradinho, UPA Sobradinho, Caps ad II Sobradinho e Caps i II Sobradinho Vogue Alimentação e Nutrição
Lote 4 Hospital Regional de Samambaia, UPA Samambaia, Caps III Samambaia e Unidade de Acolhimento de Samambaia Sanoli Indústria e Comércio de Alimentação
Lote 5 Hospital Regional do Gama, UPA Recanto das Emas e Caps i II Recanto das Emas Sanoli Indústria e Comércio de Alimentação
Lote 6 Hospital Regional de Santa Maria e Caps ad II Santa Maria Sanoli Indústria e Comércio de Alimentação
Lote 7 Hospital Regional de Brazlândia Cook Empreendimentos em Alimentação Coletiva
Lote 8 Hospital Regional de Taguatinga, Hospital São Vicente de Paulo, Caps II Taguatinga, Caps ad i III Taguatinga, Centro de Saúde nº 6 Taguatinga, Instituto de Saúde Mental (ISM), Caps I ISM, UPA Núcleo Bandeirante e Centro de Saúde nº 2 Núcleo Bandeirante Cook Empreendimentos em Alimentação Coletiva
Lote 9 Hospital Regional de Ceilândia, UPA Ceilândia e Caps ad III Ceilândia Sanoli Indústria e Comércio de Alimentação
Lote 10 Hospital de Base, Adolescentro e Central de Regulação de Urgências do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Sanoli Indústria e Comércio de Alimentação
Lote 11 Hospital Regional da Asa Norte, Centro de Orientação Médico Psicopedagógica/Caps i II Brasília, Centro de Saúde nº 9 Cruzeiro, Centro de Saúde nº 12 Asa Norte e Hemocentro Sanoli Indústria e Comércio de Alimentação
Lote 12 Hospital Materno-Infantil de Brasília, Caps ad III Candango, Hospital Regional do Guará, Caps ad III Guará, Centro de Saúde nº 4 Estrutural e Central de Regulação de Unidade de Terapia Intensiva Sanoli Indústria e Comércio de Alimentação

 

As informações são da Agência Brasília.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*