Sábado, 20 de Julho de 2019

Cinema
Quinta-feira, 11 de Julho de 2019, 07h:46

Nas telonas

Incêndio mais letal da Califórnia vai virar filme

Por Sarah Lyra

Reprodução: Adorocinemas

Cinema

 




Em novembro do ano passado, o incêndio mais letal da história da Califórnia, nos Estados Unidos, deixou mais de 40 mortos e destruiu completamente o município de Paradise. Agora, essa tragédia vai ser retratada em um longa-metragem dirigido por Matthew Heineman (de Uma Guerra Pessoal), que também vai assinar o roteiro. Segundo informações do The Hollywood Reporter, no centro da trama estará Heather Roebuch, uma mulher que passou por uma cesariana minutos antes do hospital em que estava internada ser tomado pelas chamas. 

Ao relatar sua terrível experiência em um post no Facebook, Heather se tornou viral. Sem conseguir mover as pernas, por conta da cirurgia, e separada de seu bebê recém-nascido e de seu noivo, ela passou por momentos angustiantes. Um grupo de paramédicos tentou ajudá-la a encontrar sua família, mas, logo, todos se viram lutando por suas vidas. Atualmente, o post de Heather tem mais de 40 mil compartilhamentos. O longa ainda não teve um título definido, e por enquanto está sendo chamado de Paradise

"Para mim, o filme fala das conexões humanas que as pessoas comuns fazem em circunstâncias extraordinárias", disse Heineman em um comunicado. "A força interior de Heather em face da adversidade inigualável e inesperada é uma das histórias mais emocionantes e viscerais que já encontrei".

Depois de se consolidar como um documentarista respeitado, com uma indicação ao Oscar por Cartelândia, Heineman lançou seu primeiro longa de ficção em 2018, Uma Guerra Pessoal, estrelado por Rosamund Pike como a fotojornalista de guerra Marie Colvin. O filme recebeu duas indicações ao Globo de Ouro.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.