Segunda-feira, 20 de Maio de 2019

Cidades
Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2019, 09h:53

Mato Grosso

Procon realizou mais de 29 mil atendimentos em 2018

Da Redação

Assessoria

De 1° de janeiro a 31 de dezembro de 2018, a Superintendência Estadual de Defesa do Consumidor, Procon-MT, realizou 29.045 atendimentos. Os dados constam no Sistema Nacional de Informação de Defesa do Consumidor (Sindec), onde o consumidor fez sua reclamação de forma presencial, nos postos de atendimento Procon-MT e pela ferramenta de atendimento on-line: www.consumidor.gov.br.

O atendimento presencial registrou como primeiro lugar Serviços Essenciais, com 11.734 reclamações. Dentre eles estão inclusos nessa área está o setor de “energia elétrica”, liderando com 5.787 reclamações. Seguido pelo de “água e esgoto”, com 3.236 atendimentos, e “telefonia celular”, com 1.663.

No segundo lugar vem Assuntos financeiros, com a área de “Assunto financeiro” alcançando 3.285 registros. Seguido por setor “Banco comercial”, com 900 registros. Em segunda posição “cartão de crédito”, com 716 atendimentos, e último, “cartão de loja”, tendo 415 reclamações.

Produtos está em terceiro no ranking, com 2.960 reclamações. Os “combustíveis automotivo (gasolina álcool, diesel, gás)” ganham entre os três mais reclamados, com 417. “Carro nacional zero (montador)”, está em segundo, com 392 registros, e “Telefone (convencional, celular, interfone, etc)” segue com 348 registros.

Serviços Privados ficou em quarta posição, alcançando 213 registros. O setor de “Escola (pré, 1°, 2° graus e superior)” lidera as reclamações com 417 registros; “TV por assinatura ( cabo, satélite, etc)” alcançou 358 registros, e “Estabelecimento comercial (supermercado, loja, padaria, locadora, frutaria, etc)” fechou com 334 atendimentos.

Em quintao lugar está a Saúde, que fechou 2018 com 483 registros. Já o setor desta área que mais obteve reclamações foi o de “Farmácia e drogaria”, com 154 registros. “Plano de saúde regulamentado” teve 125 registros, e já o setor de “Convênio de assistência médica odontológica” finalizou com 50 registros.

Alimentos ficou na sexta posição, com 213 reclamações, sendo o setor de “Farináceos (fubá, polvilho, etc)” obteve 60 registros; “Bebidas alcoólicas” 24 registros; “Massas” com 19 registros. Já em sétimo lugar vem Habitação, com 156 registros. Ficando o setor de “Incorporação (construtoras e incorporadoras)”, com 56 registros; “Condomínio” com 55 reclamações, e em terceiro “Loteamento”, com 34 atendimentos.

Empresas mais reclamadas em 2018

A empresa Energisa Mato Grosso Distribuidora de Energia foi a que mais teve reclamações em 2018, 4.347 registros, conforme o Sistema Nacional de Informação de Defesa do Consumidor (Sindec), que fez um ranking das 10 empresas mais reclamadas de Mato Grosso em 2018. 

Na sequência, vem a empresa Águas Cuiabá S.A, com 2.436 reclamações; em terceiro a Claro S.A, fechou o ano com 1.175 registros. Devpois vem a Telefonia Brasil S.A, com 660 registros; a empresa OI S.A, com 588 e a Tim celular S.A, com 314 reclamações. Em sétimo, a Via varejo S.A, com 297 registros. Já a Caixa Econômica Federal obteve 273 reclamações, seguida pelo Banco do Brasil, com 249. Em décimo ficou a SKY Brasil Serviços LTDA, com 232 registros.

Integram o banco de dados do Procon-MT os registros efetuados na sede do órgão e nos postos de atendimento do Ganha Tempo da Praça Ipiranga, Ganha Tempo do Várzea Grande Shopping e da Assembleia Legislativa.

Atendimento online

 Outra plataforma de reclamações que o consumidor pode utilizar de forma on-line é o www.consumidor.gov.br. Em 2018 foram registradas 11.257 reclamações em Mato Grosso, confira as principais áreas.

1°) Telecomunicação: 4.587

2°) Serviços financeiros: 3.764

3°) Produtos de telefonia e informática: 1.219

4°) Transportes: 476

5°) Demais produtos: 422

6°) Produtos eletrodomésticos e eletrônicos: 356

7°) Demais serviços: 298

8°) Saúde: 58

9°) Turismo/ viagens: 31

10°) Alimentos: 16

10°) Educação: 16

11°) Água, energia e gás: 14

Postos do Procon-MT

A sede do Pronco de Mato Grosso é na Av. Agrícola Paes de Barros, Portão H, em Cuiabá, com atendimento de segunda à sexta-feira das 08h às 17h30, contato ao telefone (65) 98435-5949. Já no Ganha Tempo - Praça Ipiranga o atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, contato (65) 3614-3210.

Na unidade do Ganha Tempo CPA, que fica na Rua Alenquer, CPA I - Cuiabá, o atendimento é realizado de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h - (65) 3619-3323. Na Assembleia Legislativa (AL/MT) - Centro Político Administrativo, também de segunda à sexta-feira, das 7h às 18h e contato para informações no (65) 3313-6558; outra opção é o Várzea Grande Shopping, na Av. Filinto Muller, Centro Sul - Várzea Grande, que funciona de segunda à sexta-feira, das 10h às 19h (65) 3686-1091.

Reclamações On-line

O consumidor também pode acessar a plataforma on-line www.consumidor.gov.br para registrar a sua reclamação sem a necessidade de comparecer ao Procon. Basta ter um e-mail válido para realizar o atendimento digital. Este canal é monitorado pelo Procon-MT, embora seu contato seja diretamente com o fornecedor. O prazo para resolução é de até 10 dias. Caso o problema persista, o Procon-MT recomenda que o consumidor procure o posto de atendimento mais próximo, ou Poder Judiciário, para atendimento presencial.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.