Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018

Cidades
Segunda-feira, 03 de Dezembro de 2018, 11h:52

fatalidade / MT

Presidente e secretário do Sintep-MT morrem em acidente

Gazeta Digital

Otmar de Oliveira

O Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) comunicou na manhã desta segunda-feira (3) a morte da presidente Jocilene Barboza, 42, e do secretário de Articulação Sindical, Júlio César Viana, 65, presidente de 1998 a 2006.  

 

Conforme informações divulgadas pelo sindicato, eles foram vítimas de um acidente. A caminhonete Amorok em que estavam deslizou na pista e bateu de frente com uma carreta. Jocilene e Júlio César retornavam de Juara, numa atividade com novos concursados no interior do estado.

Conforme boletim oficial, a Rota do Oeste foi acionada às 14h39 para atendimento de uma ocorrência no km 540 da BR-163, em Diamantino (211 km a médio-norte de Cuiabá), onde uma Amarok (placa de Cuiabá) e uma Scânia vermelha (de Maringá-PR) coliriram de frente.

Arquivo pessoal/Facebook

Júlio César Viana

 Júlio César Viana

O resgate da Concessionária esteve no local esteve no local e constatou a morte dos dois ocupantes da caminhonete. O motorista da carreta saiu ileso e assinou termo de recusa de atendimento. O acidente ocorreu em uma região de declive e curva. 

As informações iniciais apontam que o motorista da caminhonete perdeu o controle de direção do veículo, rodou na pista e terminou atingindo a carreta.

Confira a nota divulgada pelo Sintep:

É com pesar que o Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) comunica a perda de nossa presidente Jocilene Barboza, 42 anos, e do companheiro, secretário de Articulação Sindical, e presidente de 1998 a 2006 (por três gestões) Júlio César Viana, 65 anos, vítimas de um acidente na altura do Posto Gil. A caminhonete Amorok deslizou na pista e bateu de frente com uma carreta. A companheira e o companheiro retornavam de Juara, numa atividade com novos concursados no interior do estado.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.