Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

Cidades
Domingo, 04 de Novembro de 2018, 15h:07

Campo Grande/ MS

Jovem toma chá de cogumelo, se desequilibra e morre ao cair de viaduto

Fonte: Campo Grande News

Rapaz caiu de uma altura de 4,5 metros (Foto: Danielle Valentim

Alessandro foi socorrido, mas morreu no hospital (Foto: reprodução/Facebook)

Alessandro foi socorrido, mas morreu no hospital (Foto: reprodução/Facebook)

Rapaz de 19 anos tomou chá de cogumelo e morreu ao cair do viaduto da Rua Antônio Maria Coelho com a Avenida Calógeras. O acidente aconteceu na noite de ontem (3), no Centro de Campo Grande. Alessandro Pacífico chegou a ser socorrido à Santa Casa, mas morreu às 21h45.

Conforme boletim de ocorrência, registrado por Gabriel Nascimento Rodrigues, de 37 anos, tio da vítima, testemunhas contaram que Alessandro, a namorada dele e um grupo de amigos tomaram chá de cogumelo e na sequência foram para o pontilhão.

Segundo testemunhas, o rapaz caminhava pelo viaduto, se desequilibrou e caiu de uma altura de 4,5 metros. A vítima foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas morreu no hospital, por conta da hemorragia causada pelas lesões na queda.

Informações, repassadas pela Santa Casa à família, são de que o jovem caiu de costas, o que agravou a situação. As circustâncias da queda serão investigadas. O Campo Grande News entrou em contato com a irmã de Alessandro, mas, chorando muito, a jovem disse não ter condições de conversar.

Efeito - O cogumelo tem uma substância psicoativa chamada psilocibina, capaz de alterar regiões do cérebro e a percepção sobre as coisas que estão em volta. As sensações variam de acordo com o estado geral da pessoa e da forma de consumo do cogumelo, podendo ser distorções visuais, tonturas e sentimento de euforia, por exemplo. Alessandro era muito magro, o que pode ter potencializado os efeitos da droga.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.