Terça-feira, 02 de Março de 2021

Cidades
Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2021, 08h:24

estado de calamidade

Governo destina R$ 450 mi para combater estragos de enchentes no Acre

Marcos Vicentti/Secom

O presidente Jair Bolsonaro editou nesta segunda-feira (22) uma medida provisória abrindo crédito extraordinário do valor de R$ 450 milhões ao estado do Acre. A verba irá para o Ministério do Desenvolvimento Regional e deve ser usada nas ações de recuperação dos estragos causados pelas enchentes.

A partir de agora, o texto deve ser aprovado em até 120 dias pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal, caso contrário perde a validade.

A MP busca aplacar um dos vários problemas simultâneos a atingir o Acre – que, além das cheias, sofre com pandemias de covid-19 e dengue. O governo do estado já decretou estado de calamidade pública em 11 municípios, incluindo a capital Rio Branco.

Nesta segunda, a deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC) apresentou um Projeto de Lei propondo o pagamento extraordinário do auxílio emergencial a moradores do estado, por seis meses, no valor de R$ 600. A deputada expôs as razões do projeto ao Congresso Em Foco  ainda no domingo (21).

O auxílio emergencial foi criado em meio à pandemia e teve a última parcela paga em dezembro. Com a continuidade da crise sanitária e de seus impactos econômicos, o governo e o Congresso articulam a retomada do benefício. Porém, ainda não foi fixado qual será o valor dos pagamentos.

 
Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.