Quarta-feira, 30 de Setembro de 2020

Cidades
Quinta-feira, 10 de Setembro de 2020, 17h:34

MILIONÁRIOS

Garcia precisa explicar quadrilha familiar

A sociedade precisa que o Fábio Garcia explique sobre o enriquecimento repentino da família envolvendo pessoas que estão tanto em delação premiada como em recuperação judicial

Assessoria 

Assessoria 

O jornalista José Marcondes, o Muvuca, e membro do Partido Liberal (PL) questionou como o grupo político do Democratas, composto pelo governador Mauro Mendes, secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, o suplente de senador e pré-candidato a prefeito de Cuiabá, Fábio Garcia e outros familiares arremataram uma empresa em Alto Araguaia por R$ 32 milhões, já que a maioria dos membros estão em recuperação judicial e delação premiada.

O negócio arrematado é o complexo de produção de biodiesel da massa falida da traiding Agrenco. Mas, para reativar a produção os sócios precisam investir ainda R$ 150 milhões segundo ex-funcionários da Agrenco.

“A sociedade precisa que o Fábio Garcia explique sobre o enriquecimento repentino da família envolvendo pessoas que estão tanto em delação premiada como em recuperação judicial. Eles constituíram um grupo que eu não sei qual denominação seria mais correta (quadrilha ou família) porque todos têm uma lista extensa de ficha suja. Juntando tudo alcança mais de 1.600 processos e, isso, parece mais formação de quadrilha do que família” pontuou.

Além de mencionar como a empresa foi arrematada porque as finanças não se explicam, o liberal também pontuou a questão da capacidade administrativa de Garcia, que está de olho na Prefeitura da Capital.

“Nunca administrou nada. E, o histórico que se tem o próprio pai dele têm ao menos mil processos trabalhistas, sem contar que fez parte dos serviços de obras da Copa do Mundo contratado na gestão Silval Barbosa e não entregou uma”, desabafou.

 

Por fim, Muvuca afirmou que enquanto pré-candidato, Garcia precisa dar todas as explicações para a sociedade, antes mesmo de colocar seu nome disponível a administração pública e questionar os seus adversários.

‘Sócios e milionários da noite pro dia’
Também compõem o mesmo conselho Luis Antonio Taveira Mendes, filho do governador Mauro Mendes, Helio Palma de Arruda Neto, genro do secretário-chefe da Casa Civil e o empresário Eloi Marchett, sogro do ex-deputado federal e presidente do DEM de Cuiabá, Fabio Garcia.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.