Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020

Cidades
Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020, 14h:26

CAPITAL

Decreto altera funcionamento do comércio varejista, distribuidoras e toque de recolher

O documento será publicado em Diário Oficial de Contas desta quarta-feira (21) e suas disposições entram em vigor a partir da data da publicação

Redação

Redação

A Prefeitura de Cuiabá editou o Decreto nº 8.166, com medidas de enfretamento ao novo coronavírus (Covid-19) voltadas para as áreas de ordem pública e funcionamento do comércio. O documento será publicado em Diário Oficial de Contas desta quarta-feira (21) e suas disposições entram em vigor a partir da data da publicação.


No campo da ordem pública, o Decreto estabelece a continuidade do toque de recolher com alteração na data de término. O decreto nº 8.146 estipulava o término do toque de recolher no dia 27 de outubro. Agora, está proibida a circulação de qualquer indivíduo no horário das 01h às 05h, até o dia 31 de outubro.


O documento também altera o horário de funcionamento do comércio em geral, varejista e atacadista, inclusive o shopping popular. De acordo com decreto nº 8.147, o segmento estava proibido de funcionar aos domingos e feriados. Agora, está autorizado o funcionamento, de segunda a domingo, inclusive feriados, das 9h às 19h.


O horário de funcionamento das distribuidoras de bebidas também foi alterado. De acordo com decreto nº 8.106, o funcionamento se dava de segunda a domingo, das 9h às 23h. Agora, está autorizado o funcionamento de segunda a domingo, das 11h às 00h.


Bares e restaurantes também tiveram seu horário alterado neste novo decreto. De acordo com documento de nº 8.106, o que antes funcionava de segunda a domingo e feriados, das 11h às 23h, agora, com decreto de nº 8.166 poderá funcionar de segunda a domingo e feriados, das 11h às 00h.


O documento também determina 00h como horário limite para encerramento de eventos. E ainda revoga a proibição de uso de provadores de roupas em estabelecimentos comerciais.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.