Segunda-feira, 19 de Abril de 2021

Cidades
Quarta-feira, 17 de Março de 2021, 08h:58

Campo Grande / MS

Covid bate recorde, ônibus param de circular mais cedo e continuam lotados

Fonte: Midia Max

Divulgação

A covid-19 está batendo recorde e os ônibus continuam lotados com trabalhadores retornando para suas ca após mais um e serviço, durante os horários de pico. De início, os ônibus iriam parar por das 20h40 na região central de Campo Grande. Porém, após reunião do Consórcio Guaicurus, ficou definido que os ônibus irão circular até por volta das 21h40 no Centro e estarão até às 22h nos terminais a partir desta terça-feira (16), devido decreto estadual do toque de recolher.

Uma atendente de loja que trabalha que embarcou no Peg Fácil  por volta das 20 horas, enviou uma foto da linha (T. eirantes/ 051 Shopping CG) lotada.

“Lotado, cheio, não cabe mais ninguém, em pleno toque de recolher. Engraçado que para parar tudo tem covid, para quem passa o dia todo no shopping, aí sai do serviço cansada, temos que aguentar ônibus lotado. Trabalhador não pega covid”, ironiza a atendente em tom de desabafo.

De acordo com o novo horário, os passageiros devem chegar aos terminais até às 22h, onde devem seguir viagem para os bairros. As linhas dinâmicas seguem com atendimento normal para os trabalhadores dos serviços essenciais após às 22h seguem com atendimento normal, com saídas às 22h40 e 23h40 da região central.

“É importante lembrar que para utilizar as linhas dinâmicas, o usuário precisa entrar em contato com o consórcio Guaicurus por meio do telefone 3316-6600 e realizar um cadastro para controle da agência”, disse Agetran por meio de nota.

Nesta terça, Campo Grande registrou 18 mortes pelo coronavírus nas últimas 24 horas, de acordo com boletim epidemiológico da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

Ao todo, ainda segundo a Sesau, são 1.624 mortes causadas pelo coronavírus na Capital desde o início da pandemia, com 79.438 casos confirmados. Destes, 807 estão em isolamento domiciliar, 465 em internação e 76.543 já se recuperaram da doença. Dos internados, 255 estão em leitos clínicos e 210 em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva).

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.