Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

Artigos
Domingo, 12 de Agosto de 2018, 16h:19

Gilberto Figueiredo

Apreciação das contas de Mauro: um atestado de competência

Em sessão ordinária da Câmara Municipal do dia 9 de agosto, tive a feliz oportunidade de assistir à apreciação das contas relativas ao último ano de mandato de Mauro Mendes – liderança que esteve à frente da Prefeitura de Cuiabá entre os anos de 2013 e 2016.Com deliberação unânime, isto é, com 24 votos favoráveis à aprovação das contas, o mandato do ex-prefeito e atual candidato ao governo foi finalmente avaliado.Utilizo o termo “finalmente” porque a Casa de Leis não demonstrou estar tão interessada em avaliar a questão e irresponsavelmente extrapolou o tempo previsto pela Constituição do Estado de Mato Grosso para a apreciação – já que foram mais de seis meses de espera desde a chegada do balancete à Câmara Municipal, contemplado com praticamente 120 dias de atraso.Antes disso, é importante ressaltar, as contas também foram amplamente discutidas e aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT).De qualquer forma, na Câmara Municipal, é louvável que a aprovação tenha acontecido da maneira mais justa e imparcial possível: por unanimidade.Reforço o mérito deste mandato, do qual fiz parte como secretário de Educação, pois vivenciei o esforço e carinho dispensados ao município de Cuiabá e à população cuiabana nesses quatro anos.No atual momento, em que se compartilha da sensação de dever cumprido, é necessário e digno ressaltar o desempenho de todos os gestores que integraram o mandato em questão. Não tenho dúvidas de que, nesta gestão, o trabalho em equipe transformou muitos ideais em realidade por meio de um colegiado competente e técnico.Agora, além de uma avaliação popular que ultrapassa o índice de 70% de aprovação do povo cuiabano, o mandato de Mauro Mendes na Prefeitura de Cuiabá também pode se vangloriar pelo apoio unânime do legislativo. Justa conquista.*Gilberto Figueiredo é vereador por Cuiabá

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.