Domingo, 24 de Janeiro de 2021

Agronegócio
Quinta-feira, 06 de Agosto de 2020, 15h:49

AÇUCAR

Preços descolam do petróleo e fecham em baixa

Apesar da forte valorização do petróleo na quarta-feira (5), os contratos futuros do açúcar recuaram nas bolsas internacionais.

União dos Produtores de Bioenergia

União dos Produtores de Bioenergia

Apesar da forte valorização do petróleo quarta-feira (5), os contratos futuros do açúcar recuaram nas bolsas internacionais. Em Nova York, os contratos para outubro/20 foram fixados em 12.54 centavos de dólar por libra-peso, queda de 24 pontos no comparativo com a véspera. Os lotes para março/21 recuaram 20 pontos e fecharam em 13.15 cents/lb. Os demais contratos recuaram entre 1 e 17 pontos.

 

Em Londres, os contratos com vencimento para outubro/20 foram fixados em US$ 369,20 a tonelada, queda de 5,40 dólares. Os lotes para dezembro/20 recuaram 4,60 dólares e foram firmados em US$ 368,90 a tonelada. Os demais contratos futuros desvalorizaram entre 1,80 e 4,70 dólares.

 

De acordo com a AFP, ontem foi anunciada que as reservas de petróleo nos Estados Unidos caíram acentuadamente na semana passada, mais do que o esperado, e elevaram os preços do petróleo, que estão no seu nível mais alto desde março. "A produção de petróleo dos EUA caiu ligeiramente para 11 milhões de barris por dia (mbd). As refinarias trabalhavam com 79,6% da capacidade, pouco mais que na semana anterior (79,5%)", publicou a agência.

 

Mercado interno

 

Nessa quarta-feira, em São Paulo, a saca de 50 kg de açúcar cristal fechou em R$ 78,74, pelo indicador Cepea/Esalq, da USP, queda de 1,11% quando comparado com o valor da véspera.

 

Etanol

 

O indicador diário do etanol hidratado, medido pela Esalq/BM&FBovespa, posto Paulínia, teve sua quinta queda seguida ontem, cotado a R$ 1.733,00 o metro cúbico, queda de 0,40% quando comparado ao valor da véspera-feira.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.