Sexta-feira, 10 de Abril de 2020

Agronegócio
Quarta-feira, 25 de Março de 2020, 11h:13

Preço do milho atinge novo recorde; cotação pode subir mais, diz Cepea

Os preços do milho no mercado interno atingiram novo recorde no fechamento desta terça-feira, 25. De acordo com o indicador do milho Esalq/BM&FBovespa, o valor do cereal chegou a atingir R$ 59,55 por saca. No acumulado de março, a cotação já subiu quase 12%.

Segundo os pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), as altas nos preços refletem as incertezas ligadas ao desenvolvimento da segunda safra. Há um receio sobre a disponibilidade do cereal nos próximos meses.

Além disso, em 2019, o Brasil atingiu volumes recordes de exportação, o que reduziu ainda mais a oferta do grão no mercado interno. Com isso, produtores rurais optaram por segurar as vendas, acreditando em novas altas.

“Ressalta-se que a forte valorização do dólar frente ao real eleva a competitividade internacional do cereal brasileiro e deve favorecer o movimento de alta dos preços nos próximos meses”, disse o Cepea.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.