Domingo, 17 de Janeiro de 2021

Agronegócio
Sexta-feira, 27 de Novembro de 2020, 15h:43

PECUÁRIA

Nova diretoria aposta no fortalecimento da raça Nelore em MT

Os associados da ACNMT poderão votar das 9h às 20h, no dia 30 de novembro, na sede em Cuiabá

Assessoria

Assessoria

Com eleição agendada para a próxima segunda-feira (30), das 9h às 20h, a Associação dos Criadores Nelore em Mato Grosso (ACNMT) buscará o fortalecimento da raça Nelore no estado, intensificando a pesquisa de melhoria genética e também investindo em ações de apoio ao pecuarista.

Para o candidato de chapa única “Nelore, a raça do Brasil”, o pecuarista Aldo Rezende Telles, 70 anos, que é paulista de Barretos e chegou ao estado de Mato Grosso há 27 anos, o segredo do sucesso é trabalhar muito, investir em inovação, profissionalização da pecuária e paralelamente levar uma vida simples.

“Amo o que eu faço e me dedico exclusivamente à pecuária com o gado Nelore, que é o gado de Mato Grosso e do Brasil, com foco na cria, recria e engorda. Aceitei o desafio de estar à frente da associação por entender que com toda a experiência adquirida, posso contribuir com o setor e ajudar a associação a crescer em número de sócios, o Nelore é uma potência e a nossa instituição precisa refletir isso”.

Telles vai dar continuidade dos trabalhos iniciados pelos antecessores Mario Candia e Breno Molina nas áreas de pesquisa e intensificar palestras e visitas técnicas a propriedades altamente produtivas no Brasil e no mundo. A proposta, segundo ele, é trazer novidades para os produtores do estado. “Temos muitos bons exemplos advindos da Europa, Argentina e dos Estados Unidos”.

Mesmo com as dificuldades enfrentadas no período de pandemia, ele avalia positivamente a Prova de Ganho de Peso (PGP), que teve início em junho deste ano. “Se antes o trabalho da associação era muito mais voltado para o tamanho e a beleza do rebanho, hoje, estamos focados no melhoramento genético para ampliar o potencial competitivo dos nossos produtores no mercado e ainda oferecer uma carne mais saborosa ao consumidor final”.

O atual presidente, Breno Molina, convocou uma Assembleia Geral que será realizada na sede da instituição, no Parque de Exposição Jonas Pinheiro, em Cuiabá, onde inicialmente será feita a prestação de contas da gestão de 2019 a 2020; e depois haverá a eleição e posse da Diretoria, Conselho Administrativo e Conselho Fiscal e seus respectivos suplentes.

"É importante destacar que mesmo neste momento difícil pelo qual passamos em 2020, nós conseguimos dar continuidade às principais ações da associação e fizemos parcerias importantes, entre elas, com o Núcleo de Estudo em Pecuária Intensiva (Nepi) da UFMT e a Cargill Nutron, fortalecendo o trabalho de pesquisa e melhoria da raça Nelore no nosso estado”, pontua Breno Molina.

Em dois anos de gestão, os números são positivos com a realização de aproximadamente 50 ações, entre elas, palestras semanais, reuniões, o megaevento Nelore na Brasa em Cuiabá e as 6ª e 7ª edições da PGP, além de leilões. A associação também participou de cerca de 40 reuniões e eventos, entre eles, a 85ª Expo Zebu de Minas Gerais, 19ª Nelore Fest Acricorte junto com a realização da premiação do Circuito Nelore de Qualidade, Festival Braseiro e 1º Dinepec.

Em relação à Prova de Ganho de Peso (PGP) a pasto, Molina acrescenta que contou com várias inovações, neste ano, por exemplo, a 7ª edição pela primeira vez teve a participação de fêmeas que vão integrar, em 2021, o programa de abate técnico com avaliação de carcaça dentro do Circuito Nelore de Qualidade e Programa Nelore Natural (parceria com a ACNB).

“Além de buscar incrementar a rentabilidade dos participantes, nossos números da PGP com fêmeas estão nos surpreendendo, com um Ganho Médio Diário (GMD) de 660g. Esses são dados de julho a setembro, período em que Mato Grosso passou pela pior seca nos últimos 50 anos. Portanto, o trabalho da associação é um grande desafio e visa dar suporte aos produtores”. Mato Grosso possui o maior rebanho bovino do país, com aproximadamente 30,3 milhões de animais, dos quais 80% da raça Nelore ou ‘anelorado’.

Chapa única – Aldo Rezende Teles (presidente), Alexandre El Hage (1º vice-presidente), Jose João Bernardes (2º vice-presidente), Cleber Roberto Lemes Filho (1º secretário), Luiz Antonio Felippe (2º secretário), Mauricio Campiolo (1º tesoureiro), Mario Candia (2º tesoureiro), Beno Molina (relações públicas).

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.