Quarta-feira, 27 de Maio de 2020

Agronegócio
Sábado, 29 de Fevereiro de 2020, 11h:31

Casa Rural da Famasul

Mato Grosso do Sul já vendeu 55% da soja e 22% do milho

Fonte: Dourados News

Divulgação

Levantamento da Granos Corretora citado no mais recente boletim Casa Rural da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) revela que até quarta-feira (26) os produtores rurais sul-mato-grossenses já haviam comercializado 55% da soja e 22% do milho segunda safra.

Ainda na fase de colheita, o grão tem área plantada estimada em 3,163 milhões de hectares nesta safra 2019/2020, com projeção de 9,906 milhões de toneladas em produção e 52,19 sacas por hectare em produtividade.

Até 21 de fevereiro, a equipe do Siga-MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio) verificou que as máquinas colheitadeiras avançaram por 686.493 hectares, 21,7% do que há para colher da oleaginosa no Estado.

Já o milho segunda safra, ainda em fase de plantio, deve ocupar 1,977 milhão de hectares do território estadual, redução aproximada de 9,02% no comparativo com o clico passado, de 2,173 milhões de hectares.

Até 21 de fevereiro, os pesquisadores da Famasul registraram cultivo em 342.179 hectares do cereal, 17,3% do total previsto.

MERCADO

Na análise de mercado, o Siga-MS cita que o preço médio da saca de 60 quilos as soja teve valorização de 2,29% no período do dia 17 a 26 de fevereiro em Mato Grosso do Sul, encerrando o período cotada a R$ 75,50.

“Dentre as praças pesquisadas, São Gabriel do Oeste registrou a maior valorização no mês, onde a saca foi cotada em R$ 77,50. O preço médio do mês de fevereiro ficou em R$ 74,02/sc, no comparativo com fevereiro do ano passado, houve avanço nominal de 11,03%, quando a oleaginosa havia sido cotada, em média, a R$ 66,66/sc. O mercado interno reflete as sequentes valorizações da moeda americana, a qual chegou a ser cotada em R$ 4,44 no dia 26/02”, detalha.

Quanto ao milho, foi identificada valorização de 1,95% no preço da saca no Estado, entre 17 a 26 de fevereiro de 2020, e o cereal encerrou o período negociado a R$ 42,56.

“A praça de Maracaju registrou a maior valorização no mês sendo cotada a R$ 42,50. O preço médio do mês de fevereiro ficou em R$ 41,75/sc, no comparativo com fevereiro do ano passado, houve avanço nominal de 37,43%, quando o cereal havia sido cotado, em média, a R$ 30,38/sc”, pontua o boletim Casa Rural.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.