Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

Agronegócio
Quarta-feira, 09 de Outubro de 2019, 16h:01

Deu no estadão

Após demissão General disse que pretendia fazer um ‘saneamento’ no Incra

Demitido na semana passada da chefia do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), o general João Carlos Jesus Corrêa disse que pretendia fazer, “o saneamento de um órgão que era um esgoto”. Ao Estadão, ele citou Mato Grosso e Rondônia como exemplos de irregularidades.

A coluna registrou que o general bateu de frente com o secretário especial de Assuntos Fundiários, Nabhan Garcia, amigo de Bolsonaro. A crise aumentou quando ele afirmou que contrariou interesses por atacar “verdadeiras organizações criminosas”.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.